O leite materno é composto por muitos nutrientes e anticorpos que estão em constante mutação para se adaptar às necessidades do seu bebê. Se ele estiver com algum vírus presente no corpo, por exemplo, esses anticorpos vão se alterar, a fim de combater a doença.

Segundo o Ministério da Saúde e a Organização Mundial da Saúde (OMS), é de extrema importância a amamentação até os seis meses de idade, continuada até um ano como principal fonte de alimentação e complementar por dois anos ou mais.

Mas afinal, quais são as vantagens de amamentar seu filho? Confira:

1 – Por ser cheio de nutrientes e sais minerais, o leite materno é o único alimento completo e equilibrado que atende completamente às necessidades do seu bebê até os 6 meses de idade.

2 – O ato de amamentar cria um forte vínculo afetivo entre mãe e filho.

3 – De acordo com o pediatra Sylvio Monteiro de Barros, o leite materno pode prevenir cólicas no bebê, isso porque o alimento contém proteínas caseínas, de fácil digestão.

4 – “Dar de mamar” faz com que seu bebê cresça forte e saudável, além de reduzir o risco de doenças graves, como diabete e obesidade infantil.

5 – O aleitamento reduz também a probabilidade de problemas alérgicos, como asma, dermatite e alergias alimentares (proteína do leite da vaca – APLV, por exemplo).

6 – O alimento contém uma molécula chamada PSTI que protege e prepara o intestino delicado dos recém-nascidos.

7 – Amamentar previne que o seu bebê tenha anemia, segundo o obstetra Jurandir Piassi, especialista em Medicina Fetal.

8 – Estudo feito com 12 mil bebês, publicado no The Journal of Pediatrics, mostra que crianças amamentadas desenvolvem mais rapidamente o cérebro, melhorando o desempenho de vocabulário e raciocínio.

9 – O leite materno é essencial para a arcada dentária e fala do bebê.  ‘Há estímulo para o desenvolvimento dos ossos do crânio e da face, fazendo com que os dentes se encaixem de forma adequada”, afirma a fonoaudióloga Andrea Motta, da Sociedade Brasileira de Fonoaudiologia. (fonte: site Minha Vida)

10 – Os probióticos (bactérias do bem) estão presentes no leite materno, combatendo inflamações.

Problemas ao amamentar

Sabemos que amamentar é mais difícil do que se possa imaginar, considerando que, em alguns casos, causa dor por mastite ou bico invertido e às vezes o leite não é suficiente – podemos abordar o assunto mais detalhadamente em outro post. Mas não de desespere! Nós criamos essa lista para te encorajar e mostrar o quanto é importante que seu bebê receba o leite materno.

Espero que seja de grande ajuda. Até a próxima!